MANDIC
SELO_MEC
LOGIN| Pós-Graduação e mentoria em Cannabis medicinal
Disfunção Temporomandibular: o que é e como a Cannabis medicinal pode ajudar?
02/02/2024

A Disfunção Temporomandibular (DTM) é uma condição que afeta a articulação Temporomandibular (ATM), que conecta a mandíbula ao crânio. Essa complexa articulação desempenha um papel fundamental na movimentação da mandíbula e é vital para funções como fala, mastigação e deglutição. Quando afetada pela DTM, pode causar diversos sintomas e complicações relacionadas aos músculos da mastigação e à própria mandíbula. Alguns dos sintomas comuns da DTM incluem:

  • Dor na mandíbula: Pode ser uma dor constante ou intermitente, frequentemente agravada ao falar ou mastigar.
  • Dor de cabeça: Dores de cabeça frequentes, especialmente na área das têmporas.
  • Dificuldade ao abrir ou fechar a boca: Pode haver limitação nos movimentos da mandíbula.
  • Estalos ou ruídos na mandíbula: Pode haver sons como estalos ao mover a mandíbula.

A causa da DTM é multifatorial, podendo ser desencadeada por fatores como estresse, bruxismo (ranger dos dentes), má oclusão dental e lesões na mandíbula. O tratamento envolve uma abordagem abrangente que pode incluir o uso de analgésicos para aliviar a dor, relaxantes musculares para reduzir a tensão nos músculos da mandíbula, técnicas de relaxamento para controlar o estresse e, em alguns casos, intervenção cirúrgica para corrigir problemas estruturais mais graves.

Cannabis na DTM

Na busca por novas abordagens terapêuticas no tratamento da DTM, a Cannabis medicinal emerge como uma alternativa para aliviar os sintomas associados a essa condição, uma vez que a planta tem a capacidade de atuar no controle da dor, um sintoma frequentemente associado à DTM. O Canabidiol (CBD), um dos compostos da Cannabis, se destaca como uma ferramenta potencialmente útil no tratamento da DTM, visto que suas propriedades analgésicas e miorrelaxantes podem ser benéficas para mitigar a dor relacionada a essa condição.

Uma revisão sistemática foi conduzida para explorar a eficácia da terapia canabinoide no tratamento da dor orofacial, tanto aguda quanto crônica, em comparação com outros tratamentos farmacológicos ou placebo. A análise abrangeu estudos que investigaram produtos à base de Cannabis medicinal para usos clínicos na  odontologia. Entre os cinco artigos incluídos na revisão, um destacou um efeito significativo no alívio da dor associada à DTM ao utilizar uma formulação tópica de canabidiol em comparação com placebo.

Dentro desse contexto, a utilização da Cannabis na DTM emerge como uma abordagem de tratamento promissora. Contudo, é importante ressaltar que, embora estudos mencionem efeitos positivos, ainda é necessário maiores investigações e evidências clínicas robustas que possam respaldar de maneira suficiente os benefícios do uso de canabinoides no contexto da DTM.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

Votrubec C, Tran P, Lei A, Brunet Z, Bean L, Olsen BW, Sharma D. Cannabinoid therapeutics in orofacial pain management: a systematic review. Aust Dent J. 2022 Dec;67(4):314-327. doi: 10.1111/adj.12934. Epub 2022 Sep 29. PMID: 36082517; PMCID: PMC10087667.

Essa informação foi útil para você?

0 / 5. 0

Facebook
Twitter
LinkedIn

Acompanhe o nosso blog e fique por dentro dos nossos eventos, ações e principais notícias dos setores que atuamos no mercado.

Categorias

Posts recentes