MANDIC
SELO_MEC
LOGIN| Pós-Graduação e mentoria em Cannabis medicinal
Quais são os principais fitocanabinoides prescritos?
11/04/2024

A planta Cannabis contém aproximadamente 540 compostos naturais, incluindo mais de 100 que foram identificados como fitocanabinoides devido à sua estrutura química partilhada. Os fitocanabinoides são compostos químicos encontrados em plantas, principalmente na Cannabis sativa.

Eles são responsáveis por interagirem com o Sistema Endocanabinoide, um complexo sistema biológico presente no corpo humano que desempenha um papel importante na regulação de diversas funções fisiológicas e processos bioquímicos. Como resultado dessa interação, ocorre uma série de efeitos terapêuticos, o que pode ser potencialmente benéfico e útil no gerenciamento de diversas patologias.¹ Conheça os principais fitocanabinoides prescritos:

THC (Tetra-hidrocanabinol): É um dos principais compostos encontrados na planta, compartilhando propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antieméticas, que estimulam o apetite e que atuam como relaxante muscular.²

CBD (Canabidiol): Junto com o THC, é um dos compostos mais estudados da Cannabis, sendo conhecido por ser um agente anti-inflamatório, ansiolítico e anticonvulsivante, o que pode ser útil no gerenciamento de diversas condições.³

CBN (Canabinol): Apesar de não ser tão conhecido quanto o CBD e o THC, este composto desempenha funções essenciais para a saúde e o bem-estar, auxiliando no sono. Conforme evidenciado por estudos, também possui atividade analgésica, anti-inflamatória e antibacteriana.

CBG (Canabigerol): Serve como precursor dos fitocanabinoides mais abundantes (CBD E THC) e estudos indicam potencial terapêutico no tratamento de distúrbios neurológicos, metabólicos e doenças inflamatórias intestinais, além de ter atividade antibacteriana.

Vale ressaltar que o uso da Cannabis medicinal é fortemente respaldado por evidências clínicas e qye pesquisas e estudos estão cada vez mais explorando o potencial terapêutico dos fitocanabinoides no gerenciamento de diversas condições médicas.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

¹Amin MR, Ali DW. Pharmacology of Medical Cannabis. Adv Exp Med Biol. 2019;1162:151-165. doi: 10.1007/978-3-030-21737-2_8. PMID: 31332738.

²Hill KP, Palastro MD, Johnson B, Ditre JW. Cannabis and Pain: A Clinical Review. Cannabis Cannabinoid Res. 2017 May 1;2(1):96-104. doi: 10.1089/can.2017.0017. PMID: 28861509; PMCID: PMC5549367.

³Lowe H, Toyang N, Steele B, Bryant J, Ngwa W, Nedamat K. The Current and Potential Application of Medicinal Cannabis Products in Dentistry. Dent J (Basel). 2021 Sep 10;9(9):106. doi: 10.3390/dj9090106. PMID: 34562980; PMCID: PMC8466648.

Maioli C, Mattoteia D, Amin HIM, Minassi A, Caprioglio D. Cannabinol: History, Syntheses, and Biological Profile of the Greatest “Minor” Cannabinoid. Plants (Basel). 2022 Oct 28;11(21):2896. doi: 10.3390/plants11212896. PMID: 36365350; PMCID: PMC9658060.

Nachnani R, Raup-Konsavage WM, Vrana KE. The Pharmacological Case for Cannabigerol. J Pharmacol Exp Ther. 2021 Feb;376(2):204-212. doi: 10.1124/jpet.120.000340. Epub 2020 Nov 9. PMID: 33168643.

Essa informação foi útil para você?

0 / 5. 0

Facebook
Twitter
LinkedIn

Acompanhe o nosso blog e fique por dentro dos nossos eventos, ações e principais notícias dos setores que atuamos no mercado.

Categorias

Posts recentes